De Médico para Médico

Colunistas médicos abordando distintos temas


Voltar
Publicado por Fabio Gonzalez

Avaliação pelo proprietário do Hyundai IX35

Se você, assim como eu, é um admirador de carros, encontrará nesta coluna, o lugar para ler sobre diferente modelos, desempenho, melhor custo benefício, opiniões, críticas, enfim, encontrar o que todo apaixonado por carros aprecia; e o melhor disso, sem os comentários tendenciosos e sem aquele blá blá blá técnico, que a maior parte de nós não realmente compreende!

Desde muito cedo aprendi com meu pai a gostar de carros, a partir da adolescência comecei a ler sobre o assunto, por isso adorei o convite para escrever o primeiro texto desta coluna!

O primeiro modelo que será “radiografado” é o que vem caindo cada vez mais no gosto do público brasileiro que aprecia SUVs urbanos, os chamados “Cross-over”, será o coreano ix 35.

Adquiri um ix35, no final de 2011, uma versão intermediaria, com câmbio automático, com câmera e sensor de ré. Fiz uma pesquisa na época e achei que ele era o SUV com melhor custo benefício. É meu primeiro SUV, além de ser meu primeiro carro automático. Sempre gostei de carros sedans, mas realmente estava cansado de carros baixos, que encostam o para-choque em qualquer calçada mais alta e que você tem que quase parar para passar em um quebra-molas.

O meu primeiro obstáculo foi vencer o preconceito com carros coreanos, vinha de três Hondas, sendo o último um Civic SI. Foi uma mudança radical sair de um esportivo para um SUV, e de um japonês para um coreano, mas vou dizer para vocês, quase três anos depois, e após 30.000 Km rodados, não tenho nenhum arrependimento. O carro lançado mundialmente em 2010 continua atual e realmente tem um design diferenciado, mas vamos começar essa história do começo, na aquisição do mesmo.

A primeira boa surpresa foi o atendimento na CAOA, que desde a compra até a entrega do veículo, mostrou contar com vendedores e funcionários educados, prestativos e o mais surpreendente, que realmente conheciam o produto que estavam vendendo. O vendedor foi flexível na negociação e incluiu, além do emplacamento básico, o friso e a película no preço final para eu fechar a compra. Fica aqui uma dica, quando forem comprar um carro, melhor ir ao final do mês, época em que o vendedor vai estar mais preocupado em atingir sua cota e estará mais flexível para negociações. Como nem tudo são flores, o ponto negativo, foi um carro de R$ 97.000,00 não ter travamento automático das portas, como só descobri isso depois, tive que pagar mais R$ 200,00 para instala-lo.

Ao dirigir senti que além do bonito o carro era realmente muito confortável, estável e tinha uma potência e uma agilidade muito boa para um carro daquele porte com um motor 2.0 de 168HP.

O espaço interno é outra característica que merece destaque, o carro é muito espaçoso apesar de não ser uma SUV de grande porte, como uma Hilux SW4 ou uma Santa Fé. Tendo a vantagem, exatamente por isso, de ser bem mais fácil de manobrar e de estacionar, fato importante para quem mora em prédio, que tem garagens cada vez menores, e para quem frequenta Shoppings, nos quais temos que conviver como um monte de gente que estaciona o carro de qualquer jeito, sem respeitar o espaço da vaga.

O consumo do carro é outro ponto positivo, uma média de 8 km/l na cidade que, para um carro automático, com ar condicionado (que anda sempre ligado, pois em Salvador o calor, a falta de segurança não nos permite andar de vidro aberto tranquilamente e além disso acelerando a vontade), sinceramente é um bom consumo. Só como exemplo, tenho um Fócus manual, também com ar condicionado, com motor 1.6, ano e modelo 2013 que tem o mesmo consumo.

A estabilidade é outra característica que surpreende, mesmo na estrada a mais de 100 km/h, o carro faz as curvas com tranquilidade, sem aquela sensação de insegurança de SUVs como o TR4 Pajero, que parece que vai derrapar ou mesmo capotar em curvas mais fechadas. Você praticamente esquece que esta em um SUV, ele passa segurança, você não sente o carro oscilar. Só lembramos que estamos em um SUV ao passar dos 160km/h, quando o mesmo começa a ficar instável. Ponto negativo é a falta de um controle de estabilidade em um carro desta faixa de preço, “ranço” que faz você lembrar que o carro é coreano.

O acabamento interno é apenas razoável, muito plástico de qualidade intermediaria, bonito, porém simples. Nesse ponto a Hyundai vacilou, o meu Fócus, que custou metade do preço tem um acabamento no mesmo nível (na melhor das hipóteses, se não for melhor. Risos). A iluminação é meio sem graça, azul demais, fato que melhorou nos modelos novos, nos quais incluíram um multimídia com GPS, integrado com a câmera de ré.

Outro ponto negativo, resolvido nos modelos atuais, é a falta de um parking assistent, resumindo o carro não para de imediato na ladeira quando você esta manobrando, você tem que acelerar um pouco para mantê-lo parado.

Uma surpresa agradável é a qualidade da assistência técnica e o baixo custo de manutenção. Todas as revisões foram agendadas sem dificuldade e todos os prazos de entrega do veiculo foram cumpridos. A única ressalva é o preço das palhetas do limpador de vidro, R$ 250,00 pelo par do vidro dianteiro é um assalto, melhor comprar no Mercado Livre, você consegue o par por R$ 80,00, com frete incluso.

A revenda é mais um ponto forte, após quase três anos consigo, mesmo aqui em Salvador, que tem um péssimo valor de revenda de usados, cerca de R$70.000,00. O que é um bom valor, só como exemplo meu Honda Civic SI, que custou R$ 92.00,00, só valia R$ 52.000,00 aqui em Salvador, após o mesmo tempo de uso. Consegui vender por R$ 58.000,00 na Webmotors; aqui vai mais uma dica para vender seu usado, anuncie na internet, você consegue preços bem melhores e você vende mais rápido. Outro fato importante é que nestes quase três anos de nossa relação ele nunca me deixou na mão e não apresentou nenhum tipo de problema. Imbatível, não tem mulher que seja tão boa como ele (Risos).

Resumindo, recomendo: bom, bonito, confortável e seguro, só não dá para dizer que é barato, mas na faixa de preço dele, que teríamos o ASX, o CRV, o Sportage e o novo RAV4, para mim é o melhor.

2012 - 2017 © MEDUNIVERSE - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS